Página 1 de 1

Novo Modelo XT1200Z 2014 - Migrando de uma V-Strom 650 ABS

Enviado: 11 Mai 2014, 01:27
por LeoRJ
Estou reproduzindo aqui um tópico meu criado no fórum Portal Big Trail.

A muito tempo atrás eu abri um tópico no fórum PBT falando sobre minha intenção de trocar minha V-Strom 650 2013 (esse modelo novo com ABS) por algumas candidatas, entre elas estavam XT1200Z (modelo antigo), KTM 990, KTM 1190 e Triumph Tiger 800 XC:

http://portalbigtrails.com.br/forum/sho ... post114919

Todas as motos citadas acima me parecem excelentes. Na época, estava querendo uma KTM, mas como lançaram o modelo novo da Yamaha, e com ela eu não teria que continuar essa odisseia de limpar toda hora a corrente e escutar o ruído desagradável dela, resolvi investir no modelo novo Super Ténéré Z (sem suspensão eletrônica).

Vou postar umas fotos e logo em seguida o que gostei e o que não me agradou na moto.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem



Continuando...

Eu sou uma pessoa um tanto exigente, e não tenho o costume de engrandecer o que tenho. Um bom exemplo disso é a V-Strom que tinha e não gostava tanto quanto da minha antiga XT600E. Bem... Isso é questão de gosto bem pessoal, até porque depois eu acabei me acostumando às diferenças.


Primeira Impressão

Assim que subi na XT1200Z, pude perceber que era uma moto grande, com uma postura de pilotagem e proposta bem diferente da minha Suzuki. Gostei logo de cara, pois prefiro uma postura mais agressiva, sentado em cima da moto, do que muito relaxada como se estivesse preso dentro da moto, como me sentia na V-Strom.

Ao colocá-la em marcha, senti a moto leve, embora tivesse a sensação de estar na moto mais gorda do mundo, devido ao tanque bem grande e ainda à carenagem que a faz gigante na parte dianteira.

Até agora rodei um pouco mais de 700 km, entre terra, estradas asfaltadas e dentro de cidade.


Terrenos

Em terra ela me surpreendeu muito, pois é absurdamente mais estável que minha Suzuki e o curso da suspensão é excelente. O ponto fraco foi o motor em marcha lenta, pois ele parece não gostar muito de andar abaixo dos 2.500 rpm. Como eu ando sempre com o motor cheio, não vou ter muito problema com isso.

Na estrada foi uma maravilha. O controle cruzeiro realmente é uma grande coisa. Ele está muito bem posicionado e seu uso é muito simples, tanto pra acionar como para desconectar com um simples toque no freio ou embreagem. Não tem coisa mais gostosa que sentir a moto acelerando sozinha pra retomar à velocidade programada.

Na cidade ela é pesada e se deve tomar maior precaução, pois ela não para tão fácil como uma big trail de média cilindrada. Eu assumi a postura de manter uma maior distância dos automóveis, e olha que sou um tanto agressivo na pilotagem.

Resumindo... Não a recomendaria muito pra quem terá um uso muito urbano, mas isso nada tem a ver com o modelo, e sim com o peso maior de toda maxitrail. Nesse quesito, a minha Sizuki era muito mais agradável, principalmente na doçura do motor e aceleração mais homogênea.


Sistema de Modos e Aceleração

Achei bem estranhos. O modo Sport é agressivo, mas não como uma esportiva e sim com uma sensibilidade demasiada no acelerador. É bem difícil usar esse modo de uma forma confortável, pois com a própria vibração da moto em contato com o asfalto com irregularidades normais, faz com que o regime de aceleração fique muito instável. (Está melhorando com o amaciamento do motor, mesmo assim é bem nervosinho nas aceleradas e estou aprendendo a usar isso a meu favor).

Já o modo Touring é uma tartaruga. Vc acelera e a moto responde com muito atraso. Fica mais confortável e estável o giro do motor, mas o ideal seria que tivesse um meio termo entre esses dois modos. Não sei se a causa disso é o acelerador eletrônico. Nesse quesito a V-Strom era muito melhor, pois tinha uma aceleração mais homogênea e sem solavancos, embora seja bem menos evoluída eletronicamente.


Painel

Gostei muito, embora não tenha tido ganho algum se comparar ao painel da V-Strom nova. Uma coisa que achei estranha é a temperatura do motor, que somente aparecem os graus e não uma escala pra se saber se o motor está superaquecido ou não. A ventoinha liga quando passa dos 103°c. Estranho isso, mas não conheço bem a moto e esses termômetros digitais são mestres em possuir erro na aferição (Já li aqui no fórum que a temperatura é essa mesmo).

Uma coisa bem desagradável é o indicador de marchas. É muito lento !! Vc passa a marcha e ele demora demais a atualizar. Fica um tracinho e só muda o número depois que vc solta a embreagem e começa a acelerar na marcha nova. Isso é bem ruim, pois algumas vezes vc para a moto e começa a descer as marchas e não dá pra saber em que marcha está no meio disso.


Parabrisas ou Bolha

Nem ruim nem bom. Deficiente pra quem possui mais de 1,73 de altura, mesmo na posição mais alta. O problema é que isso já se tornou comum entre as marcas. Eles instalam bolhas muito baixas de fábrica pra praticamente obrigar o consumidor a comprar um modelo mais alto que é vendido como acessório.

Mesmo assim é muito melhor que o original da V-Strom. Digo que ele é ineficiente se comparar com um Givi AirFlow, Puig ou até o original com maior altura.


Falta de Itens Básicos

Infeliz a postura da Yamaha em colocar o modelo Z sem a base do topcase e sem a alça onde segura o carona. É uma postura medíocre, já que o valor pago pelo modelo Z possui somente USD 1.100 de diferença do modelo ZE. Acho que a suspensão eletrônica, punhos aquecidos e o cavalete central já estariam de bom tamanho para diferir os modelos.

Eu escolhi o Z por ser o disponível no momento. O ZE vai demorar mais dois meses pra chegar ao Chile. Suspensão eletrônica não me importa muito, cavalete central também não e punhos aquecidos eu vou instalar da Oxford. Já o suporte de topcase e as alças, serei obrigado a comprar. Vou esperar a Touratech ou SW-Motech lançarem algo, pois não acho justo comprar isso da Yamaha.


Motor

Parece não ser o forte desse modelo. De quase todas maxitrails atuais que já pude pilotar, a XT1200Z é a mais anêmica, mas não foi pensando somente no motor que comprei a moto.

Eu sempre fui apaixonado pelo motor triple da 800 XC, mas infelizmente o conjunto não me agradou muito, até porque ela custa somente R$ 5.650,00 mais barato que a Super Ténéré aqui no Chile. Como o conjunto da Yamaha é bem mais avançado eletronicamente e a moto possui maior proteção ao vento (aqui no sul do mundo isso é muito importante), era mais que lógico optar pela ST.

O som de motor é diferente do modelo antigo. Mais grave e com menos sensação de ''algo solto dentro do motor''. É claro que uma moto com 700km não há como julgar bem esse quesito. Só posso dizer que o som do motor é inebriante, um grave forte e ainda faz aquele assobio bem parecido ao motor triple da Triumph. A razão disso pode ser as alterações que a Yamaha diz ter realizado no motor e no escapamento.

De verdade isso me encanta, até porque eu sai de uma moto elétrica, já que a V-Strom 650 quase não se ouve o motor quando está abaixo dos 5.000 rpm.


Suspensão e Pneus

A suspensão é muito melhor que a da V-Strom. Não tão confortável em estrada, mas firme e te dá a impressão de aguentar qualquer abuso. Na terra é excelente e muito estável, mesmo utilizando um pneu bem mais ON (Battle Wing da Bridgestone) do que o Anakee II que uso na Suzuki. Realmente muito melhor, mesmo eu tendo utilizado a suspensão somente na configuração de fábrica.


Conforto

Gostei mais da ciclística dela que da V-Strom. O corpo fica mais ereto e a posição das pernas é excelente, embora o banco seja muito duro, mas acredito que vá ficar mais macio com o passar do tempo. Os controles do guidão não possuem tão fácil acesso, já que são muitos recursos pra pouco espaço, mas isso é o de menos.


Consumo

Excelente !! Uma média de 18.3 km/l em estrada a 120 km/h painel (110 km/h GPS). Quando passar o período de rodagem eu vou atualizar os dados de consumo dela. Com a V-Strom eu fazia uma média de 18 km/l a essa velocidade, mas deveria ser bem mais econômica, já que sua cilindrada é muito menor. Nisso a ST é bem legal.


Conclusão

Achei a moto excelente e vale a pena me adaptar ao que não me agradou. O conjunto é excelente e a moto me dá impressão de ser um ''tanque de guerra'', a mesma impressão que tinha com a minha antiga XT600E, onde vc rí sozinho pilotando e até conversa com a moto, coisa que nunca tive com a minha Suzuki, que era uma boa moto, mas que não me transmitia muita emoção.

Estou muito feliz com minha escolha e por enquanto não me arrependo nem um pouco de ter deixado as outras opções para trás.

Quem quiser aparecer pra dar uma voltinha...

Grande Abraço aos Amigos,
Leo

Re: Novo Modelo XT1200Z 2014 - Migrando de uma V-Strom 650 A

Enviado: 11 Mai 2014, 08:40
por Linhares
Leo,

valeu pelo relato e pelas fotos! :-!
Muito bonita essa versão da XT1200Z! =D>

Abraços, Linhares

Re: Novo Modelo XT1200Z 2014 - Migrando de uma V-Strom 650 A

Enviado: 11 Mai 2014, 21:17
por ron
Muito legal o relato.
Sds,

Re: Novo Modelo XT1200Z 2014 - Migrando de uma V-Strom 650 A

Enviado: 12 Mai 2014, 08:58
por paulo guri
Muito importante seu relato para podermos ver as diferenças vendidas nos países do mercosul.! :D

Re: Novo Modelo XT1200Z 2014 - Migrando de uma V-Strom 650 A

Enviado: 12 Mai 2014, 15:08
por LeoRJ
Pois é Paulo... Um bom exemplo é a V-Strom 650, que aqui no Chile é vendida com ABS desde 2006 e o novo modelo Z da Super Ténéré que custa o mesmo valor que a antiga. Vamos ver se no Brasil vão manter o mesmo preço.

Pra eles o ideal é continuar vendendo o modelo antigo e protelar ao máximo a chegada do novo, tendo em vista que o fabricante está liquidando o modelo antigo com desconto. Dessa forma, eles mantém o mesmo preço para o consumidor final e faturam muito mais.


Linhares e Ron :-!


Grande abraço aos amigos,
Leo

Re: Novo Modelo XT1200Z 2014 - Migrando de uma V-Strom 650 A

Enviado: 04 Jun 2014, 19:42
por MuriloM
Como todos sabem, já estao a venda a nova ZE standard por 56 e a ZE DX POR 62.

A DX tem mais: punhos aquecidos, textura diferenciada do banco e suspa eletronica. O resto tudo igual.
.
.

Alguem já montado na nova ZE?

Impressoes de desempenho e resposta ao acelerador em relacao a antiga !!!

MM

Re: Novo Modelo XT1200Z 2014 - Migrando de uma V-Strom 650 A

Enviado: 04 Jun 2014, 20:13
por Anderson_ba
Muito legal o relato!
Essa de faltarem alças é realmente foda, uma sacanagem da Y! Mas a moto está linda! Parabéns!

Re: Novo Modelo XT1200Z 2014 - Migrando de uma V-Strom 650 A

Enviado: 04 Jun 2014, 20:49
por MuriloM
Nao sei disso de alcas nao. A standard que vi em brasilia tinha tudo. As fotos na moto.com tem tudo. Para o Brasil varonil veio completa.

Como eu disse, as diferencas entre a ZE STD e ZE DX, sao as que relatei acima.

Aguardo relatos do desempenho comparado com o modelo velho.

MM

Re: Novo Modelo XT1200Z 2014 - Migrando de uma V-Strom 650 A

Enviado: 13 Jun 2014, 13:12
por AGUIA2
A minha veio completa, mais atenção!!!
Manual veio com as medidas dos pneus e calibragem errados. O que diz no manual: pneu dianteiro 90/80-21 e traseiro 130/80-17 e a calibragem: pressão dianteiro(psi) 29 e traseiro 29 e 33 (02 passageiros).

O certo (veio moto) medida pneu dianteiro 110/80-21 e traseiro 150/70-17, pressão (etiqueta no chassis): dianteiro 33(psi) e traseiro 36 e 42 (02 passageiros). É claro o que está certo é o que consta na etiqueta do chassis. Fica aí o alerta para que ninguém calibre o pneu de forma errada, inclusive já entrei em contato com a Yamaha comunicando o erro no manual.

Re: Novo Modelo XT1200Z 2014 - Migrando de uma V-Strom 650 A

Enviado: 13 Jun 2014, 14:25
por ISAAC DE BSB
Parabéns pela moto e relato.

Essa foi a Big trail que mais me agradou. :-D
Quanto ao fato de você gostar mais da XT600E do que da DL650, entendo perfeitamente.
Atualmente possuo uma Transalp e não sinto a emoção de pilotar um trail como era nas XT's que tive. Várias vezes me surpreendi reduzindo a Transalp para tentar fazer o motor jogar mais torque, o que a XT faz com facilidade.
Não estou reclamando da TA, que possui inúmeras qualdiades, até mais que a XT, apenas é uma característica que não gostei e me frustou na pilotagem, haja vista eu ser "XTzeiro".

Ademais, esse tipo de tocada (torque explosivo) é que me faz preferir a F800GS em detrimento da Tiger XC800.

Abraço.

Isaac de BSB :-! :-!

Re: Novo Modelo XT1200Z 2014 - Migrando de uma V-Strom 650 A

Enviado: 13 Jun 2014, 14:57
por AGUIA2
Ike&Marina escreveu:
AGUIA2 escreveu:A minha veio completa, mais atenção!!!
Manual veio com as medidas dos pneus e calibragem errados. O que diz no manual: pneu dianteiro 90/80-21 e traseiro 130/80-17 e a calibragem: pressão dianteiro(psi) 29 e traseiro 29 e 33 (02 passageiros).

O certo (veio moto) medida pneu dianteiro 110/80-21 e traseiro 150/70-17, pressão (etiqueta no chassis): dianteiro 33(psi) e traseiro 36 e 42 (02 passageiros). É claro o que está certo é o que consta na etiqueta do chassis. Fica aí o alerta para que ninguém calibre o pneu de forma errada, inclusive já entrei em contato com a Yamaha comunicando o erro no manual.



Acho que tá errado isso é 110/80/19 :-! :-! :-!

Tem razão: dianteiro 110/80-19 e não 110/80-21, mesmo assim o que diz o manual está errado tanto nas medidas quanto na calibragem. :D

Re: Novo Modelo XT1200Z 2014 - Migrando de uma V-Strom 650 A

Enviado: 15 Jul 2014, 12:22
por Muca22
galera,
estou de olho em uma por aqui. A diferença entre a F800GS e XT1200Z são "apenas"U$ 2.000 que a longo prazo em um financiamento não é nada, mas tem a Triumph na parada também

Estou agendando uma visita e teste drive em Miami e gostaria da opinião de vcs sobre estes modelos

BMW - F800GS U$ 13.090,00 (não inclui impostos, fee da revenda e documentação)
http://www.motorcyclesofmiami.com/new_v ... lYear=2014

2014 Triumph Tiger 800 XC ABS SE U$ 12.499,00 (não inclui impostos, fee da revenda e documentação)
http://www.motorcyclesofmiami.com/new_v ... lYear=2014

2014 Triumph Tiger Explorer ABS U$ 15.699,00 (não inclui impostos, fee da revenda e documentação)
http://www.motorcyclesofmiami.com/new_v ... lYear=2014

2014 Super Ténéré U$ 15.090,00
http://www.yamahamotorsports.com/sport/ ... /home.aspx

2014 Super Ténéré ES U$ 16.190,00
http://www.yamahamotorsports.com/sport/ ... /home.aspx


Abs

Muca

Re: Novo Modelo XT1200Z 2014 - Migrando de uma V-Strom 650 A

Enviado: 15 Jul 2014, 14:02
por Migas
Muca22 escreveu:galera,
estou de olho em uma por aqui. A diferença entre a F800GS e XT1200Z são "apenas"U$ 2.000 que a longo prazo em um financiamento não é nada, mas tem a Triumph na parada também

Estou agendando uma visita e teste drive em Miami e gostaria da opinião de vcs sobre estes modelos

BMW - F800GS U$ 13.090,00 (não inclui impostos, fee da revenda e documentação)
http://www.motorcyclesofmiami.com/new_v ... lYear=2014

2014 Triumph Tiger 800 XC ABS SE U$ 12.499,00 (não inclui impostos, fee da revenda e documentação)
http://www.motorcyclesofmiami.com/new_v ... lYear=2014

2014 Triumph Tiger Explorer ABS U$ 15.699,00 (não inclui impostos, fee da revenda e documentação)
http://www.motorcyclesofmiami.com/new_v ... lYear=2014

2014 Super Ténéré U$ 15.090,00
http://www.yamahamotorsports.com/sport/ ... /home.aspx

2014 Super Ténéré ES U$ 16.190,00
http://www.yamahamotorsports.com/sport/ ... /home.aspx


Abs

Muca


Muca, vc quer matar de raiva os Brasileiros falando em preço.'.

O Zeguedé diria " é pra acaba".

Migas

Re: Novo Modelo XT1200Z 2014 - Migrando de uma V-Strom 650 A

Enviado: 15 Jul 2014, 19:11
por Anderson_ba
Muca, se a diferença entre a GS 800 e a ST é tão pouca, a GS 800 Adventure nem entra no pário, pois deve custar o preço da ST. Não é isso?

Re: Novo Modelo XT1200Z 2014 - Migrando de uma V-Strom 650 A

Enviado: 16 Jul 2014, 11:31
por Muca22
Anderson_ba escreveu:Muca, se a diferença entre a GS 800 e a ST é tão pouca, a GS 800 Adventure nem entra no pário, pois deve custar o preço da ST. Não é isso?

Mr. Anderson
Isso mesmo. Acho muito alto o valor para uma 800 mas o que me ajudaria seria o tanque de gasolina de 24L pq vou rodar para ir e voltar do trampo +/- 120km

2014 BMW F 800 GS Adventure U$ 15.195,00 [-X [-X
http://www.motorcyclesofmiami.com/new_v ... lYear=2014


Encontrei uma usada F800GS com 1.300 miles (x 1.6) 2.080 km por U$ 10.000. Vamos analisando :roll: :roll: . Acho que com mais tempo acharei outras =D> =D>
2013 BMW F 800 GS
http://www.bmwmotorcyclesftlauderdale.c ... ov=3711971

Abs

Muca

Re: Novo Modelo XT1200Z 2014 - Migrando de uma V-Strom 650 A

Enviado: 16 Jul 2014, 15:32
por Anderson_ba
Putz, Muca! A 800 adventure sai mais cara que a ST :shock: Nem pensar [-X
Mas uma GS pouco usada como a do anúncio também é uma boa opção! :-!
Nesse caso, dá uma olhada no mercado da ST usada por aí!
Indiscutível que a GS 800 é um motão, mas só o cardã e o pneu sem câmara da ST já largam com grande dianteira.
A diferença sendo pouca eu iria na ST :-!
Minha humilde opinião!
Abração! :-!

Re: Novo Modelo XT1200Z 2014 - Migrando de uma V-Strom 650 A

Enviado: 18 Jul 2014, 11:46
por Clube XT Brasil
:wink: :wink: :wink: :wink: :wink: :wink: :wink: :wink: :wink: :wink: :-! :-! :-! :-! :-! :-! :-! :-D :-D :-D Com esses preços pessoal,que tal mudarmos para casa do Muca!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! \:D/ \:D/ \:D/ \:D/ \:D/